Inicio Canais Globo Ao Vivo

Globo Ao Vivo

Assistir rede globo ao vivo pela internet 24 horas online

REDE GLOBO SP AO VIVO * SE O CANAL TRAVAR ESCOLHA OUTRA OPÇÃO

REDE GLOBO SP OPÇÃO HD(NOVA)

REDE GLOBO SP OPÇÃO HD

REDE GLOBO RJ OPÇÃO HD

REDE GLOBO SP OPÇÃO HD

REDE GLOBO SP OPÇÃO 1

REDE GLOBO SP OPÇÃO 2

REDE GLOBO SP OPÇÃO 3

REDE GLOBO SP OPÇÃO 4

REDE GLOBO SP OPÇÃO 5

Assistir rede globo ao vivo 24 horas pela internet , canais de tv online gratis ao vivo pela internet , divulgue nosso site para seus amigos e familiares ,curta-nos no facebook, tv online gratis é aqui. Assistir Globo ao vivo.

A Rede Globo é uma rede de televisão brasileira, fundada em 26 de abril de 1965, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), pelo jornalista Roberto Marinho. É assistida por 150 milhões de pessoas diariamente, sejam elas no Brasil ou no Exterior por meio da TV Globo Internacional.3 4 A emissora é a segunda maior rede de TV comercial do mundo, atrás apenas da americana American Broadcasting Company (ABC)5 6 e um dos maiores produtores de telenovelas no planeta, sendo parte do grupo empresarial Organizações Globo.7 A emissora alcança 98,44% do território brasileiro, cobrindo 5.482 municípios e cerca de 99,50% da população total do Brasil.3

A sede administrativa da Rede Globo encontra-se no bairro do Jardim Botânico, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O departamento de jornalismo também está situado no Jardim Botânico, e os principais estúdios de produção localizam-se no complexo conhecido como Projac, em Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade. A Rede Globo tem estúdios de produção em Vila Cordeiro, bairro de São Paulo, onde também encontram-se o departamento de jornalismo e de onde gera parte da programação da rede. São, ao todo, 122 emissoras próprias ou afiliadas,8 além da transmissão no exterior pela TV Globo Internacional e de serviço mediante assinatura no país.

Índice

História

Ver artigo principal: História da Rede Globo

Os ex-apresentadores do Jornal Nacional, Cid Moreira (à esq.) e Sérgio Chapelin (à dir.), em meados da década de 1970.

Em julho de 1957, o Presidente da República, Juscelino Kubitschek, aprovou a concessão de TV para a Rádio Globo e, em 30 de dezembro do mesmo ano, o Conselho Nacional de Telecomunicações publicou um decreto concedendo o canal 4 do Rio de Janeiro à TV Globo Ltda. Sendo assim a TV Globo foi oficialmente criada no dia 26 de abril de 1965 às 10h45, com a transmissão do infantil Uni Duni Tê.9 Também estavam na programação dos primeiros dias a série infantil Capitão Furacão e o telejornal Tele Globo, embrião do atual Jornal Nacional.

Em janeiro de 1966, o Rio de Janeiro sofreu uma das suas piores inundações e mais de 100 pessoas morreram e aproxidamente 20.000 ficaram desabrigadas. A TV Globo fez a cobertura das consequências das inundações ocorridas e transmitiu a informação ao público, participando pela primeira vez em uma campanha comunitária, centralizando a arrecadação de doações em dois de seus estúdios. Nessa altura, a transmissão das imagens ainda era em preto e branco.10

Ainda em 1966, a TV Globo chegou ao estado de São Paulo11 com a aquisição do canal 5 que, desde 1952, funcionava como a TV Paulista, de propriedade das Organizações Victor Costa. Em 5 de fevereiro de 1968, foi inaugurada a terceira emissora, em Belo Horizonte, e as retransmissoras de Juiz de Fora e de Conselheiro Lafaiete, além de um link de micro-ondas que ligava o Rio de Janeiro a São Paulo.

Em 1962, um acordo assinado entre Time-Life e as Organizações Globo, holding de Roberto Marinho, proporcionou a Marinho o acesso a um capital em torno de 6 milhões de dólares, o que lhe garantiu recursos para comprar equipamentos e infraestrutura para a Globo. Em troca, Time-Life teria participação em 30 % de todos os lucros auferidos pelo funcionamento da TV Globo. Como comparação, a maior TV brasileira na época, a TV Tupi, tinha sido construída com um capital em torno de US$ 300.000.

O início da TV Globo como uma rede de emissoras afiliadas por todo o país se dá a partir de primeiro de setembro de 1969 quando entrou no ar o “Jornal Nacional“, primeiro telejornal em rede nacional, ainda hoje transmitido pela emissora e líder de audiência nacional.9 O primeiro programa foi apresentado por Hilton Gomes e Cid Moreira.

A célebre trupe humorística da Rede Globo, Os Trapalhões, composta pelos famosos comediantes: Mussum (acima, à esq.); Zacarias (acima, à dir.); Dedé Santana (abaixo, à esq.); e Renato Aragão (abaixo, à dir.).

Em 28 de abril de 1974, passou a ser transmitido em cores, três dias após iniciar suas coberturas internacionais pela Revolução dos Cravos. Em 1977 toda a programação da emissora passa a ser a cores. Em 1982 a emissora implantou a transmissão via satélite.

A partir de 1976 é o momento em que a Globo começa a construir o que seria chamado de “Padrão Globo de Qualidade”, em que o horário nobre é preenchido com duas novelas de temática mais leve, encaixadas por telejornais curtos e sintéticos (o atual Praça TV e o Jornal Nacional), uma telenovela de produção nobre e com enredo mais forte, que seria chamada a partir de então de “novela das oito” (atual “novela das nove”) e a partir das 22h uma linha de shows, filmes ou o “Globo Repórter” (antes a linha de shows começava às 21h15, posteriormente às 21h30), sempre com bastante regularidade de horário e programação. Este padrão nada mais é do que a chamada “grade fixa”, tanto na vertical (sequência dos programas no dia), quanto na horizontal (respeito à sequência ao longo dos dias da semana), orquestrada por Walter Clark e José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (mais conhecido como “Boni”) em 1960, antes responsáveis pela programação da extinta TV Excelsior. A grade fixa é utilizada pela Globo nos dias de hoje fielmente, exceto aos verões nos horários de shows após as 22h, que são substituídos por minisséries, reprises de filmes e o Big Brother Brasil atualmente. O padrão seria decisivo para a conquista da liderança de audiência, pois, no final da década de 1970, as duas grandes redes, a Rede de Emissoras Independentes (liderada pela TV Record) e a Rede Tupi, estavam se deteriorando por falta de recursos e estratégia, e a Rede Bandeirantes não havia crescido o suficiente nessa época, sobrando apenas a Globo como uma alternativa de certa qualidade, somada à estreia das novas sessões de cinema, o Festival de Inverno e a Sessão de Gala.

Em publicidade, a Rede Globo faturou em 2009 R$ 7 bilhões, o que corresponde a 73,5% de toda a receita publicitária da TV aberta brasileira.12 Em 2010, faturou R$ 7,5 bilhões13 e em 2012, com o sucesso de Avenida Brasil, a emissora arrecadou R$ 3 bilhões só com a publicidade na novela,fechando 2012 com R$12 Bilhões de faturamento(valor 10% maior do que faturado em 2011, que foi de R$11 Bilhões).14

Teledramaturgia

Ver páginas anexas: Telenovelas das oito e das nove da Rede Globo, Telenovelas das sete da Rede Globo, Telenovelas das seis da Rede Globo, Telenovelas das dez e das onze da Rede Globo e Minisséries da Rede Globo

Atores da Rede Globo na estréia da telenovela Pé na Jaca em 2006.

A primeira telenovela exibida pela Globo no horário das oito horas foi O Ébrio, de José Castellar, em 196515 . Embora O Rei dos Ciganos, de Moysés Weltman16 17 e A Sombra de Rebecca, de Glória Magadan18 tenham sido exibidas no horário em 1966 e 1967, respectivamente, somente com a entrada de Janete Clair no roteiro de Anastácia, a Mulher sem Destino, originalmente de Emiliano Queiroz, que a estrutura que posteriormente se convencionaria como “novela das oito” se popularizou16 19 . Desde O Ébrio até Passione em 2010, foram exibidas 74 produções que foram chamadas de “novela das oito”, sendo que a partir de Insensato Coração em 2011, a emisssora passou a denominar como uma “novela das nove”, sendo Salve Jorge a atual20 21 .

Também em 1965, foi exibida a primeira telenovela do horário das sete horas, Rosinha do Sobrado, de Graça Melo22 . Desde então, foram exibidas mais de 70 produções, sendo Guerra dos Sexos, a atual.

A primeira telenovela exibida pela Globo no horário das seis horas foi Meu Pedacinho de Chão, de Benedito Ruy Barbosa, em 197123 . Desde então, foram exibidas mais de 60 produções, sendo Flor do Caribe, a mais recente24 .

Entre 1965 e 1979, a Globo possuiu ainda um quarto horário destinado à exibição de telenovelas, às 22h. A primeira produção exibida neste horário foi também a primeira telenovela a ser exibida pela emissora: Ilusões Perdidas, de Ênia Petri25 . Sinal de Alerta, de Dias Gomes, foi a última telenovela a ser exibida no horário durante aquele período26 27 . Em duas oportunidades o quarto horário foi “ressuscitado”: Eu Prometo, de Janete Clair, foi exibida como “novela das dez” em 198328 e Araponga, de Dias Gomes, foi exibida em 1990 no horário das 21h3029 . A partir de 2011, houve uma nova denominação de novela na Globo, a “novela das onze” que anteriormente era a “novela das dez”, sendo então uma tentativa da emissora de aumentar o índice de audiência no horário ocupado até então por minisséries, seriados e outros programas. A primeira novela exibida na faixa foi O Astro remake da versão de 1977, sendo sucedida por Gabriela, a atual e remake do clássico de 1975.

O IBOPE da Grande São Paulo mostra que as novelas da Globo perderam entre 2004 e 2008, 26,19% dos telespectadores,30 embora a Globo ainda seja a líder em audiência.31 32

AUDIÊNCIA MENSAL DAS EMISSORAS

Novembro/2012 Dezembro/2012 Janeiro/2013 Fevereiro/2013 Março/2013
Globo 13,5 12,9 14,0 13,8 14,9
Record 6,3 5,6 5,6 5,7 6,2
SBT 6,3 5,6 5,3 5,0 5,4

Sedes

Ver artigos principais: Projac, Central Globo de Jornalismo e Teatro Fênix

A atriz Juliana Paes (à dir.) durante as gravações da telenovela Caminho das Índias no Projac.

A rede de televisão é a peça central da empresa. A Globo tem o seu principal complexo de produção no Rio de Janeiro. Inaugurado em 1995, o “Projac” (oficialmente chamado de “Central Globo de Produção”) é onde as suas telenovelas são produzidas e é um dos maiores centros de produção televisiva do mundo, atualmente é o maior da América Latina.

No final dos anos 1990, a Globo mudou parte de sua divisão de jornalismo, que engloba tanto as mesas de notícias, a equipe de produção e os estúdios, para São Paulo, no bairro do Itaim Bibi, cidade natal da Rede Record. Entretanto, seus principais programas jornalísticos, como o Jornal Nacional e o Fantástico, bem como o seu próprio canal de notícias, a Globo News, ainda continuam a ser transmitidos a partir da sede principal no Rio de Janeiro, onde a sede de notícias da Globo, a Central Globo de Jornalismo, está localizada.

A Rede Globo faz parte do grupo Organizações Globo, um grande conglomerado de mídia brasileiro. Suas empresas associadas são: Globo Filmes (empresa cinematográfica), a TV Globo Internacional (difusão internacional), a Globo Marcas (branding e publicidade), a Globo Vídeo (vídeos na internet), a TV Globo Minas (emissora de televisão em Belo Horizonte), a TV Globo Brasília (emissora de televisão em Brasília), a TV Globo Nordeste (emissora de televisão em Recife), a TV Globo Rio de Janeiro (emissora de televisão no Rio de Janeiro) e a TV Globo São Paulo (emissora de televisão em São Paulo).

Contratados

Apresentadores

Na linha de shows:

  • Ana Furtado
  • Ana Maria Braga
  • André Marques
  • Angélica
  • Bruno de Luca
  • Fátima Bernardes
  • Fausto Silva
  • Fernanda Lima
  • Jô Soares
  • Louro José
  • Luciano Huck
  • Pedro Bial
  • Regina Casé
  • Serginho Groisman
  • Tiago Leifert
  • Xuxa
Jornalismo e esportes:

  • Alex Escobar
  • Alexandre Garcia
  • Ana Paula Araújo
  • Arnaldo César Coelho
  • Caco Barcellos
  • Caio Ribeiro
  • Carla Vilhena
  • César Tralli
  • Chico Pinheiro
  • Christiane Pelajo
  • Cleber Machado
  • Cristiane Dias
  • Ernesto Paglia
  • Evaristo Costa
  • Fernanda Gentil
  • Fernando Rocha
  • Flávia Freire
  • Flávio Canto
  • Galvão Bueno
  • Giuliana Morrone
  • Glenda Kozlowski
  • Glória Maria
  • Heraldo Pereira
  • Ivan Moré
  • Jorge Pontual
  • Léo Batista
  • Luís Ernesto Lacombe
  • Luís Roberto
  • Márcio Gomes
  • Mariana Ferrão
  • Mauro Naves
  • Miriam Leitão
  • Monalisa Perrone
  • Patrícia Poeta
  • Poliana Abritta
  • Renata Capucci
  • Renata Ceribelli
  • Renata Vasconcellos
  • Renato Machado
  • Sandra Annenberg
  • Sérgio Chapelin
  • Tadeu Schmidt
  • Tande
  • Walter Casagrande
  • William Bonner
  • William Waack
  • Zeca Camargo
  • Zileide Silva

Autores e diretores de teledramaturgia

Autores de teledramaturgia:

  • Aguinaldo Silva
  • Antonio Calmon
  • Alcides Nogueira
  • Benedito Ruy Barbosa
  • Duca Rachid
  • Elizabeth Jhin
  • Geraldo Carneiro
  • Gilberto Braga
  • Glória Perez
  • João Emanuel Carneiro
  • Manoel Carlos
  • Maria Adelaide Amaral
  • Ricardo Linhares
  • Sílvio de Abreu
  • Thelma Guedes
  • Walcyr Carrasco
  • Walther Negrão

Identificação

Logotipo

Primeira versão do logotipo da Globo criado por Hans Donner, introduzido em 1975.

O atual logotipo da Rede Globo, usado desde 2008, é composto de uma esfera azul com um retângulo de cantos arredondados e extremidades desiguais, o qual apresenta um espectro nas cores azul, verde, amarelo e vermelho. Dentro desse retângulo prismático, assenta-se uma pequena esfera platinada de tamanho médio.

O projeto é de autoria do designer austríaco Hans Donner, criador de diversos logotipos da emissora desde 1975. Segundo ele, a esfera representa o mundo, e o retângulo, uma tela de televisão que exibe o próprio mundo.

Segundo Hans Donner, foi elaborado especialmente para homenagear a chegada da televisão digital brasileira aberta.

O primeiro foi em 1965, que era uma estrela de 4 pontas, mas em 1966 foi modificado para o anel. Em 1969, foram formados 9 anéis, que significava as 9 emissoras afiliadas da época, ao lado do anel. Mas o anel de 1966, sem os anéis das afiliadas, continuou a ser usado até 1976.

O jornalista William Bonner (à esq.) entrevistando a então presidente eleita Dilma Rousseff (à dir.) na bancada do Jornal Nacional.

O primeiro original do logotipo atual em 1976 o mesmo desse, mas era todo azul e sem fundo, a partir de 1980 foi modificado para cor cinza e o azul apareceu em 1981 pela última vez.

A partir de 1985, em comemoração aos 20 anos da emissora, seu logotipo era o número 20 com as duas pontas com a logomarca da Globo.

Em 1986, o logotipo ganhou formas mais tridimensionais, utilizadas até hoje. Consiste em uma esfera metálica oca, com uma abertura em forma da tela de televisão, e a segunda esfera posicionada em seu centro. Do lado de dentro da esfera, um mosaico de triângulos formam as cores do arco-íris. Obs.: Algumas vinhetas mostraram que a segunda esfera também tinha as mesmas características da primeira, dando uma ideia de infinitude da forma.

Em 1990, em comemoração aos 25 anos, foi colocado a formação de um 25 no ar e o Globo se encaixando no meio, enquanto o 25 girava.

Em 1992, a esfera da marca deixa de ser cinza e passa a ser azul claro; e perde o efeito opaco, ganha reflexo. As linhas do reflexo sofreram pequenas alterações com as mudanças posteriores e duraram até 2008.

Em 1995, aos 30 anos da emissora, foi o logotipo da Globo de lado com o retângulo e a bola média simbolizando o número 0 e do lado esquerdo formou o 3.

Em 1996, o logotipo ganha mais brilho e perde a cor azul clara para um azul mais escuro.

Em 2000, ganha um tom menos brilhoso, e seu reflexo é levemente simplificado.

Com os 40 anos em 2005, veio uma marca com tonalidade mais leve e clara. O uso de fundos pretos para o logo deixa de ser predominante, em prol de cores mais claras.

Em 2008, o logo se adapta à TV digital – que começara no Brasil meses antes – com a forma da tela substituída de 4:3 para 16:9. Os triângulos do mosaico colorido da tela são substituídos por linhas horizontais. Os reflexos foram refeitos do zero – muito minimalistas – que, segundo Hans Donner, representa a forma de um sorriso.

Está previsto para 26 de abril de 2013, uma nova mudança. Segundo a jornalista Mônica Bergamo, Donner disse que “será mais clean, ganhará vida e movimento”.

É comum que a cada cinco anos, a emissora implemente um logotipo “especial” em comemoração a cada aniversário.

Slogan

Ver página anexa: Lista de slogans da Rede Globo

A apresentadora da Rede Globo, Xuxa Meneghel.

A apresentadora Angélica.

Como uma forma de identificação, com o tempo a Rede Globo lançou diversos slogans. Sempre acompanhado de uma menção comercial ou um anúncio, mencionado antes ou após a frase de identificação propiamente dita, prática que, atualmente permanece.

Cobertura

Ver página anexa: Lista de emissoras da Rede Globo

O apresentador do programa Domingão do Faustão, Fausto Silva.

A Rede Globo opera sua programação simultâneamente na televisão analógica e digital, em definição padrão e alta definição. Em 2 de dezembro de 2007, as transmissões em alta definição (1080i) começaram no mercado de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte seguido de outras capitais a partir fevereiro de 2008. Antes disso, a Rede Globo operava sua programação em definição padrão (480i).33 34

Em Recife (PE), as transmissões em alta definição da TV Globo Nordeste começaram apenas em 2009, mas não em todos os programas. Em 2011, o padrão digital começou a ser utilizado nos telejornais locais da TV Globo Nordeste, entre eles o NETV.

A Rede Globo é formada por 122 emissoras (sendo 5 emissoras próprias e 117 emissoras afiliadas), além da transmissão no exterior pela TV Globo Internacional e de serviço mediante assinatura no país.

A Globo é transmitida em áreas metropolitanas através de um número de estações de propriedade e operadoras, incluindo a Globo-RJ (Rio de Janeiro), a Globo-SP (São Paulo), Globo-DF (Brasília), Globo Minas (Belo Horizonte) e a Globo Nordeste (Recife). A programação também é levada para outras regiões do Brasil por 147 redes afiliadas, de propriedade de empresas de terceiros. A Rede Globo através de sinal terrestre cobre 98,53% do território do Brasil, além de cobrir seu sinal por cabo através de todas as afiliadas, e também por TV paga via satélite, em parceria com as principais afiliadas, além de ter cobertura 100% nacional através de antena parabólica.3

Distribuição internacional

Ver artigo principal: TV Globo Internacional

Fundada em 1999 e agora com mais de 620 mil assinantes a partir de 2012,35 a TV Globo Internacional opera canais de televisão por satélite em todo o mundo, inclusive nas Américas, Oceania (mais espeficicamente na Austrália), Europa, Oriente Médio, África e Japão, trazendo uma mistura de entretenimento, notícias e programação esportiva provenientes dos canais TV Globo, GNT, Globo News, Canal Viva, Canal Futura e SporTV para brasileiros e outras pessoas que falam português (lusófonos). Duas fontes distintas alimentam a programação internacional ao vivo e diretamente para os telespectadores do mundo a partir do centro da rede de transmissão localizado no Rio de Janeiro, a TV Globo Internacional Europa/África/Oriente Médio e a TV Globo Américas/Oceania.36 Um terço da TV Globo Internacional Ásia é originária do Japão pelo IPC37 e baseia-se em material gravado no início do dia da TV Globo Américas/Oceania, que é repetido em uma programação mais apropriada para o fuso horário do Extremo Oriente. Desde 2007, a TV Globo também opera um canal premium que se origina a partir de Lisboa, Portugal, chamado TV Globo Portugal. A TV Globo Portugal é diferente da programação da TV Globo na Europa devido a acordos contratuais com outras redes de televisão portuguesas, principalmente a SIC, que detém primeiro direitos para usar parte da programação da TV Globo, como as novelas.

A TV Globo Internacional nos Estados Unidos é feita tanto pelo serviço de satélite (Dish Network, DirecTV) (que também oferece o canal da Globosat de futebol brasileiro Premiere Futebol Clube) e por cabo (Comcast em Miami, Boston e New Jersey; RCN em Boston e Atlantic Broadband em Atlanta). No Canadá, está disponível através de Rogers Cable e pela NexTV, serviço de IPTV. No México e em outros países latino-americanos pode ser vista no satélite SKY.38

Em 2007, a Rede Globo se juntou com a Telefé da Argentina para um “intercâmbio” entre os participantes dos reality shows Big Brother (do Brasil) e Big Brother (da Argentina).

Em 21 de maio de 2009, houve uma parceria entre a Rede Globo e a TV Azteca do México para iniciar a gravação de suas novelas no país. A aliança Globo-TV Azteca se deu a partir de uma terça-feira do dia 11 de maio de 2010 com a transmissão da novela A Favorita em espanhol no canal Azteca 13 às 12:00h.39

A TV Globo Internacional é transmitida na Austrália e na Nova Zelândia através da UBI World TV.

Internet

Ver artigo principal: Globo.com

Globo.com é o portal de internet da empresa e tem uma grande biblioteca de vídeos históricos, além de fornecer parte do conteúdo atual gravado, noticiários de TV ao vivo e shows especiais, como o Big Brother Brasil. Também difundiu os jogos da Copa do Mundo FIFA de 2006 em 480i e 480p. O portal também oferece acesso aos produtos de grande conglomerado de mídia como revistas, jornais e rádio ao vivo. O domínio atraiu pelo menos 1,8 milhões de visitantes anualmente, até 2008, segundo um estudo do Compete.com40 e, atualmente, é classificado como o 104º site mais acessado no mundo, segundo o Alexa.41

Críticas

Ver artigo principal: Críticas à Rede Globo

Por ser a maior rede de televisão do Brasil e uma das maiores do mundo, a Rede Globo constantemente sofreu críticas sobre a sua influência relativamente forte na sociedade brasileira.

Ver também

  • Organizações Globo
  • Roberto Marinho
  • Roberto Irineu Marinho
  • Lista de séries e seriados da Rede Globo
  • Lista de minisséries e microsséries da Rede Globo
  • Especiais de fim de ano da Rede Globo
  • Lista de emissoras da Rede Globo
  • Projac
  • Teatro Fênix
  • Estúdios Herbert Richers
  • Atlântida Cinematográfica
  • Projeto Memória Globo
  • Televisão no Brasil
  • Globosat
  • Globo News
  • Sistema Globo de Rádio
  • O Globo (jornal)
  • Muito Além do Cidadão Kane
  • Rede Record
  • SBT
  • Rede Bandeirantes (Band)
  • RedeTV!
  • Record News

 

14 Comentários

Deixe um comentário